quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Maria Neta





Mas que menininha é esta tão completa?
Parece-me ela de tão bela uma maqueta
Construída com arte e engenho de um esteta
Cuja obra de beleza rara não se fez dieta
E a expõe como sua principal vedeta.
Mas que menininha é esta que não pára quieta?
Brinca de cambalhotas e corre na bicicleta
Sabida, cheia de graça e com língua de seta
Falando português, mas do francês faz meta
E quando brava, faz biquinho e se faz secreta.
Mas que menininha é esta tão indiscreta?
A fazer de mim, bobo, palhaço e pateta
Eu que queria ser somente um pobre poeta
Agora me quero amado por essa Maria neta.

Nenhum comentário: