terça-feira, 19 de agosto de 2008

Pérola



Pacífico este mar que Gold Coast encosta-se em deck
Revolto o meu estar por profunda ausência em outback
Não surfo em saudades velhas, mas de mergulhos bem sei
Agora pego essa onda iluminada pelo farol de Byron Bay.

Volta à tona a minha vida, que muita atenção requer
E dentre novas ostras abertas uma pérola se revela mulher.
Melhor ser de Fátima, por mais branda a minha pena
Pois se de Jesus fora roubada esta querida Tetê pequena
Pelo sal Terezinha chamada, agravado seria meu castigo:
Estender mão amiga,purgar suas quedas,erguê-la ao inferno comigo.

Nenhum comentário: